O PROJETO

         O projeto ESMÊ nasceu do encontro de Gian Correa, Fábio Peron, André Mehmari e Fernando Amaro com o intuito de criar um disco homenageando o compositor paulistano Esmeraldino Salles em seu centenário (2016).

        Esmeraldino foi um dos maiores expoentes do choro paulistano. O cavaquinista, violonista e contrabaixista era dono de um estilo muito singular enquanto compositor de choro. Com uma linguagem rítmica que transitava entre o choro e o samba, Esmeraldino trazia inovações nos quesitos melódicos e harmônicos com influências jazzísticas provavelmente adquiridas da música americana na época transmitida pelo rádio. 

          O quarteto com os músicos citados acima se juntou com o intuito de regravar algumas peças do Esmê. Além de resgatar a obra do mestre o grupo compôs e gravou choros-resposta aos choros do Esmeraldino, trazendo uma colaboração contemporânea para as informações composicionais contidas nas peças originais. Assim o projeto não só resgata mas também dialoga com a obra deste grande compositor paulistano.